quinta-feira, março 04, 2010



Musa música
Torne a queimar minha garganta para que eu possa sensibilizar internamente
Fazer rodar imagens, que de tão rápidas virem um borrão
Que os versos venham como mães ansiosas e preocupadas com seus toques delicados
Em que todos cantem em reconhecimento ao momento
És linda em sua existência
Mastiga o humor, ajuda na amargura

E que você permaneça vibrando eternamente.

Um comentário:

pablo disse...

tornarei sempre a lhe escutar